O todo de cada um

*Explicação* Como muitos devem saber (ou não), decidi tentar mudar de curso e estou estudando para o vestibular de novo(é, coragem, eu sei x_x)*se você não sabia, esta é a pausa para choque*. No entando, meus pais não exatamente apoiam a minha idéia e, como nao tenho renda suficiente para bancar um cursinho, estou estudando por conta própria (é, muuuita coragem). Daí, eu peguei o tema de redação do enem do ano passado e fiz uma redação (dãã). Vou postá-la aqui, com a esperança de que vocês opinem alguma coisa (é sério, qualquer coisa) sobre ela.

Tema: O indíviduo frente à ética nacional

Enunciado: (…) redija um texto (…) a partir do tema, apresentando proposta de ação social, que respeite os direitos humanos(…).

O todo de cada um

Quando o assunto é política, a piada já sai quase automaticamente da boca: “Um político honesto é o mesmo que se dizer sobre peixes que vivem fora d’água”. Dos sarcasmos às lamúrias sobre falhas de governo e caráter dos representantes, vê-se muita reclamação e pouca ação.

“Brasileiro é malandro”, afirmam os próprios habitantes do país que, sabe-se lá como, desviam-se da regra que propagam sem mover um músculo. Externalizam o problema para o outro, e para o outro e outro que nunca se sabe bem quem é.

“Os governantes precisam ser honestos”, e os eleitores precisam, então, fazerem escolhas certas. Falta de ética não é exclusividade dos poderosos, muito menos do outro. Omitir-se de promover a mudança é um relapso deveras comum.

Como esta mudança pode ser alcançada, afinal? Ela começa com um olhar voltado para as falhas individuais, desenvolve-se por práticas auto-corretivas e evolui com o entendimento e a aceitação de que este bolo enorme, que é o Brasil, faz-se da união de míseros pedaços de ingredientes. São estes, aliados à boa preparação da massa, que conferem o sabor do país, seja ele bom ou ruim.

Anúncios

3 pensamentos sobre “O todo de cada um

  1. Vou tentar dar uma de professora chata aqui =p pode? Tô usando meu sangue de sobrinha de professores de português e experiência de dois vestibulares e milhões de redações na escola, no cursinho e no próprio curso de Comunicação msm pra palpitar aqui.

    Acho que o texto ficou bom, mas não atendeu completamente o enunciado da questão. Na maior parte dele, vc explicou o problema mas apenas no último parágrafo realmente propôs alguma coisa.
    Também vale a dica pra evitar colocar citações em excesso (seu texto tem três delas, acho que é muita citação pra pouco espaço), até pq elas são meio que clichês, então isso dá uma empobrecida.
    Um último toque é que, no trecho “(…) o problema para o outro, e para o outro e outro que nunca se sabe bem quem é.”, esse “outro e outro” é dispensável pq deu um toque muito informal pra uma redação que, até então, estava dentro totalmente dos padrões formais da língua.
    Se fosse pra dar uma nota em 10, eu daria 7. Vc tem bom domínio da norma culta e boa argumentação, que são pontos muito fortes. Espero ter ajudado um pouquinho!
    Beijo!

    • brigada, clarisse! valeu pelos toques, na verdade eu queria ver esse tipo de critica mesmo, já fazem dois anos que eu não sei o que é fazer redação de vestibular!
      beijo =)

  2. Oi Ninaaa
    Sobre a redação: O texto é muito bom mesmo, mas se fosse um artigo de jornal ou uma crônica. Normalmente para vestibas eles querem coisas mais quadradas e de acordo com o modelo de dissertação, então sua redação correria risco na nota por conta disso e não pelo seu talento. A redação de vestiba limita muito e não pode fugir em nada do que eles pediram no inicio… E concordo com sua amiga sobre as citações, coloque apenas uma…
    Aproveite que você domina a língua, escreve muito bem e tem ótima argumentação – alias o ultimo parágrafo nem haveria mudanças – faltaria apenas enquadrar isso naquele modelo tradicional de redação boring escolar…

    Espero que tenha ajudado.

    Beijão!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s