“Durma medo meu”

O sonho era bom. Era ótimo, na verdade. Mas, naquela ocasião específica, soou como pesadelo. A dimensão paralela de fuga, o lugar dos pensamentos mágicos e das ilusões mais sublimes havia se tornado um beco sem saída, refém da vontade que consumia seu criador. Deixava claro que não havia escapatória.

Ele não sabia realmente se queria escapar. Era o mais sensato a se fazer, sem dúvidas. Tudo era complicado demais, absurdo demais, demais demais. Mas acordar, acordar seria o mesmo que conhecer o inferno: queimar-se com cada feixe de luz que o atingisse; ferir-se a cada tentativa de toque na agora tão estranhada realidade. Se é que é ela quem é real.

Mas era mesmo uma afronta não ser capaz de fechar os olhos e morrer! Desligar-se do mundo, das necessidades e dos desejos. Dormir um sono sem sonhos ou pesadelos, ou qualquer maneira de vida. Descansar. Quem tem esse privilégio hoje em dia? A verdade é que ninguém realmente o merece.

Sua paz era caótica. Seu mundo era avesso. Seu espelho refletia tudo o que não se podia enxergar. Na verdade, o que tinha era uma dádiva, pois só coisas fortes tem o poder de impregnar sonhos. E era ali que a dádiva estava: na força, na possibilidade de conhecê-la, de com ela conviver e aprender. Mas sua mente era confusão e seus olhos estavam inquietos demais, ocupados demais com os incessantes movimentos do REM. Apressados demais para praticarem sua essência: enxergar.

Independetemente de tudo, uma decisão era necessária. Pois o mundo não se prende em confusões individuais. O mundo não para. Acordar ou continuar a sonhar? Como se fossem, realmente, coisas distintas.

Anúncios

5 pensamentos sobre ““Durma medo meu”

    • às vezes a dor é tão forte que prevalece sobre o sequer pensamento de que isto pode trazer algo bom, nao que esse algo bom não exista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s