Verão mineiro típico

Se você é belo-horizontino mineiro, com certeza já foi, está ou eventualmente irá para Cabo Frio. Sim, Cabo Frio, aquela cidade adquirida por Minas Gerais na lendária Guerra Mineiro-Fluminense em troca de Juiz de Fora. É claro que nós, mineiros, temos outros programas para fazer no verão além de ir pra lá, tipo:  ir a ‘barzinhos’, a shoppings ou para Guarapari. Bem, eu fui pra Cabo Frio.

E, como todo mineiro que se preze, encontrei conhecidos lá. Na verdade, além de trombar com conhecidos, descobri que um amigo estava indo pra lá na mesma época que eu. Você pode achar isso uma grande e graciosa coincidência, e é a não ser que você seja mineiro e esteja indo para Cabo Frio. Obviamente, como se não bastasse encontrar conhecidos mineiros, conheci mineiros por lá.

Ok. Ok. Devo admitir que conheci uma família de cariocas, e que, por mais incrível que isso possa parecer, eles eram legais. Cariocas são raros em Cabo Frio (vale lembrar que carioca é quem nasce na capital do Rj, as pessoas que nascem no estado do Rj são fluminenses /subestimei vocês ), mas cariocas legais são uma espécie quase extinta prontofalei, salvo alguns cariocas que eu conheço *tenta corrigir*.

Cabo frio é quente. Muito quente. Como todo Rio de Janeiro. Juro que me senti colocada numa sauna assim que ultrapassei a plaquinha que marcava a divisa de estados. E viagens de carros são boas, a não ser pelas partes que eu vomito, tenho de acordar toda hora pra descer na parada pq alguém da excursão de parentes que me acompanha está com fome, com sede, com vontade de ir ao banheiro ou com vontade de pentelhar mesmo, tenho que ir naqueles banheiros imundos e comer comidas de procedência duvidosa.

Mas o mar vale a pena, né? Porque, como a mineira que sou, para mim, o mar só perde para queijo (e para o meu amor, neh? *tenta corrigir[2]*).  E como vale. É preciso lembrar que a melhor praia de Cabo Frio fica em Arraial do Cabo, uma cidade ao lado. Confie em mim. Na Praia do Forte, os quiosques ficam a 100 metros de distância das barraquinhas, que, por sua vez, ficam a 100 metros de distância do mar. O mar é gelado, um amigo jura que até já nadou com pinguins, e abarrotado de criancinhas xixizentas. Sabe aquela água morninha que aparece onde você está de vez em quando? Sinto por ter que estragar o seu alívio do frio: é xixi. Aiai, fazer o quê? Não vou deixar de gostar de praia ou de mergulhar no mar por isso mas devia.

É valido lembrar, também, que mineiro na praia não se bronzeia, frita. Mesmo passando protetor fator 85 (é sério, o fator é 85 mesmo, posso provar!) fiquei ardendo e vermelha. Mas não há nada como uma booa praia nas férias de verão ou de inverno, pq, se você é mineiro, não se importa com estações ou temperaturas ambientes.

O mais bizarro disso tudo é minha viagem foi ótima e não vejo a hora de ir para a praia de novo (praia <3).

Vai entender esses mineiros.

Anúncios

13 pensamentos sobre “Verão mineiro típico

  1. ahuahuaha ri mto do seu post nina.
    duas(ou mais)coisas:
    juro que não sabia q quem não nasce na capital do RJ n é carioca e sim fluminense o_o
    FATOR 85? WTF? o máximo dos máximos num foi sempre o 50? ahoeihaoiehiae…
    arraial do cabo tem as praias mais lindas, e realmente, o amr da praia do forte é MTO GELADO. a última vez q entrei lá fiquei o dia inteiro com a cabeça doendo –‘, e a praia das dunas é mto perigosa, quase morri afogada lá uma vez =/
    a melhor opção mesmo é arraial, a prainha é L-I-N-D-A! minha preferida *-*
    saudades demais de CF! 2 anos que não apareço lá =/

    bjuu gêmeaa ♥

  2. Nina, cada dia que passa eu me surpreendo mais com você, lembro bem da primeira vez que a Bela me falou a seu respeito, e eu fiquei curioso em te conhecer pelo simples fato de ela me dizer que você tinha gostos semelhantes aos meus.
    Com a amizade e a intimidade crescendo, percebi que alí havia muito mais do que a chance de conhecer “alguém que compartilha gostos”, e sim, uma pessoa brilhante de altíssimo potencial e pureza de espírito (espírito no sentido original da palavra, nada religioso ou transcendental).
    Você é uma mulher divertida e inteligente, disso eu sempre soube, e agora me mostra que é também perspicaz e dona de uma sutileza e visão raras, que hoje em dia, infelizmente estão em processo de extinção.
    São muito poucos os que conseguem enchergar as cores, os sons, os sabores e as texturas do mundo, e menos ainda são aqueles que conseguem atravessar a barreira física da impossibilidade e transformar essas pequenas degustações dos sentidos em palavras.
    Só um poeta de verdade sabe que não existem poetas humanos. O verdadeiro poeta é a Terra, nós, meramente nos oferecemos como a caneta que passará tudo para o papel. A poesia está lá, sorte mesmo é daqueles que ainda conseguem lê-la, entre uma dor e outra, entre uma mentira e outra, entre uma decepção e outra, perdida, em um mundo onde os cartazes explicitam a propaganda da miséria, e para a caridade, só restam as notas de rodapé. =)

    Parabens por me surpreender novamente com mais uma habilidade xD Quisera ter te conhecido na minha época de poeta boêmio de acaiaca. Hahahaha.

    Bei-Joka =))

    • “Só um poeta de verdade sabe que não existem poetas humanos. O verdadeiro poeta é a Terra, nós, meramente nos oferecemos como a caneta que passará tudo para o papel.”

      Exato! Obrigada, joka *-*

  3. Realmente, mineiros quando vão a praia ficam que nem camarão, vermelhinhos, vermelhinhos. xD
    aheuhaeuaehuaehua

    Adorei o post Nina. :D
    Adorei o toque de humor que você deu a ele. Adorei o modo como você escreveu.

    Ah, e seja bem vinda ao calor. Eu torro todos os dias aqui em Aracaju. Ninguém merece mesmo. x.x

  4. Ah, eu fui UMA vez pra praia, e foi no litoral de São Paulo… Sinceramente? Odieiii!!! ALém de pegar conjuntivite, o povo não se arriscava comendo nada da praia, tudo tínhamos que fazer na casa, que aliás, era cheia de baratas e pernilongos… conclusão: trauma!!!! Não tenho vontade de ir pro Rio, fora pra conhecer uma amiga carioca… na verdade, prefiro uma boa cachoeira ou uma piscina do que praia…. devo ser uma mineira ao avesso, mas o seu post é totalmente verdade!!!!
    adorei!!!
    bjsss

  5. UahuaUHaUHHUa

    E é verdade esse negócio do protetor solar 85 =P só vc mesmo pra se queimar toda usando ele auauhauhahua

    Eu queria ter ido junto =/, mas td bem, eu pude ver Metallica…e queria que vc tivesse ido comigo lá =P

    Ah sim…fato curioso: uma baleia azul adulta tem 6 relações sexuais por dia. Em cada relação sexual, ela ejacula o equivalente a 1.500 litros de esperma. Apenas 10% deste esperma chega ao seu destino. E você pensava que após sair da água a sua pele ficava grudando por causa do sal, né?
    Pois é…o mar é mais nojento do que você pensa…auhauhahua

    Não te amo!! ALMA!!
    =*****************=

  6. Nunca fui para o Rio, nem para Minas. Tudo bem. Eu sai do Estado de SP apenas uma vez para fazer vestibular e foi para Londrina e lá estava um calor insano apesar de contar a lenda de que lá o frio congela. O fato é que depois que me mudei para Bauru calor nenhum me assusta, porque se eu aguento o calor daqui, estou pronta para passar férias até na Etiópia.

    Beijos.

    P.S. – Lindo seu blog. =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s